Textos para Discussão V. 11

E-mail Imprimir

O JARDIM MODERNO DE BURLE MARX: UM PATRIMÔNIO NA PAISAGEM DO RECIFE

Resumo

O texto consiste na exposição do significado cultural de um jardim moderno, o Jardim das Cactáceas, hoje denominado Praça Euclides da Cunha projetada pelo paisagista Roberto Burle Marx na cidade do Recife em 1934, com o objetivo de transformá-la, após sua restauração, em jardim histórico de acordo com a Carta de Florença da UNESCO. A Praça Euclides da Cunha também conhecida como Praça do Internacional fica situada no bairro da Madalena, em frente ao tradicional Clube Internacional do Recife. A concepção de Burle Marx é de um jardim ecológico e educativo de plantas do sertão nordestino, recriado na subzona litorânea, da zona da mata, ou seja, em uma outra região fisiográfica totalmente diferente, senão adversa, mas que se manteve íntegro por mais de quarenta anos. O projeto de restauração resulta de um trabalho conjunto do Laboratório da Paisagem da UFPE com a Prefeitura do Recife, a qual decidiu empreender esforços para concretizar um compromisso histórico com a conservação da paisagem do Recife. É o primeiro jardim de Burle Marx no Recife que teve o projeto de restauração conduzido nos moldes na Carta de Florença de 1981, que trata da proteção dos jardins históricos no âmbito da paisagem cultural

Ana Rita Sá Carneiro, Aline de Figueirôa Silva e Pricylla Amorim Girão


 

Projetos

Baltar Biblioteca

conservar_2

Pátio de São Pedro

plano-diretor

istmo

Leia a revista internacional

CT

Parceria voluntária

Lima_e_Silva_Advogado_e_Consultoria

 

 

 

Elaboração e acompanhamento de projetos de incentivos fiscais oferecidos em âmbito federal, estadual e municipal.

Editores dos Textos para Discussão

Gestão da Conservação Urbana
Natália Vieira

Gestão de Restauro
Mônica Harchambois

Identificação do Patrimônio Cultural
Rosane Piccolo

Você está aqui: Home Publicações Textos para Discussão