Textos para Discussão V. 39

E-mail Imprimir

Metodologia para a identificação e autenticação do patrimônio cultural: O caso do istmo de Recife e Olinda- PE

Virgínia Pontual, Sílvio Zancheti, Flaviana Lira, Magna Milfont, Mônica Harchambois, Renata Cabral, Rosane Piccolo

Resumo

O presente artigo apresenta uma metodologia de identificação e autenticação do patrimônio cultural, construída a partir da condensação de diversas pesquisas, contribuindo para a supressão da lacuna existente no campo da conservação urbana. Questões como: Como proceder a essa identificação e autenticação? Como conferir valor a um patrimônio cultural? Não tinham sido satisfatoriamente tratadas, principalmente por não darem a necessária relevância à história e à cultura das cidades. Para enfrentar os desafios conceituais e doutrinários foi adotado como referência empírica o Istmo de Olinda e Recife, por possuir significativa história, ser objeto de tombamento federal e de reconhecimento internacional. O artigo, composto de três partes, está estruturado de modo a seguir encadeamento expositivo que permita compreender como se deu a construção da metodologia, como foi aplicada e quais os resultados obtidos.

Palavras chave: Patrimônio cultural, metodologia, identificação, autenticação.


 

Projetos

Baltar Biblioteca

conservar_2

Pátio de São Pedro

plano-diretor

istmo

Leia a revista internacional

CT

Parceria voluntária

Lima_e_Silva_Advogado_e_Consultoria

 

 

 

Elaboração e acompanhamento de projetos de incentivos fiscais oferecidos em âmbito federal, estadual e municipal.

Editores dos Textos para Discussão

Gestão da Conservação Urbana
Natália Vieira

Gestão de Restauro
Mônica Harchambois

Identificação do Patrimônio Cultural
Rosane Piccolo

Você está aqui: Home Publicações Textos para Discussão